Criar Site em WordPress no MX Linux – Parte 5

Categoria: Linux, Wordpress -
Criar Site em WordPress

Aproveite para criar Site em WordPress localhost no MX Linux. Nesta parte 5, vamos aprender à técnica de como criar um novo site caso precise desenvolver dois projetos (ou mais) em simultâneo. Vamos ver os erros que podem acontecer ao instalar uma versão do WordPress mais antiga e outros detalhes.

Aviso: após seguir a parte 5, poderá seguir a parte 6: resolver os erros de compatibilidade e informações extras que visam solucionar problemas em versões futuras do WordPress.


Criar Site em WordPress no MX Linux

Esta é a parte 5 de uma série de tutoriais com o intuito de ajudar os usuários do MX Linux à criar um Site feito em WordPress Local, dando os primeiros passos no Desenvolvimento Web.

Na parte 4, você já teve uma boa ideia do objetivo desta série de tutoriais. Viu o que o painel de controle WordPress te oferece, aprendeu também a como fazer um diagnóstico do site para resolução de problemas e entendeu resumidamente como é feito a manutenção de um site no WordPress.

Vale lembrar que a parte 6 vai ser tão importante quanto esta parte 5. Já na parte 7, (provavelmente) vamos entrar no código HTML 5 e CSS 3 para estilizar um tema do WordPressdetalhe: comprando um curso pelo link informado, você adquire conhecimento e ainda me ajuda a manter o blog online ;-D

Lembrando mais uma vez (para quem caiu de paraquedas nesta parte 5) que estes tutoriais são gratuitos e sem previsão de término. As partes vão continuar de acordo com o meu planejamento, tempo disponível e feedback dos usuários.

Criar Site em WordPress, criar Site em WordPress, criar Site em WordPress, criar Site em WordPress, criar Site em WordPress.


Criação de Site — Técnica

Suponhamos que você precise criar dois ou três sites em simultâneo com WordPress. Cada um destes sites vai ter uma base de dados, isso quer dizer que todos os conceitos da parte 1, parte 2, parte 3 e parte 4 são válidos. Porém, siga esta técnica para poder criar muitos projetos individuais:

Passo 1 Como já foi ensinado na parte 2, crie um novo banco de dados.

Construir um site, passo 1
Passo 1: clique para dar zoom.

Passo 2 Baixe o WordPress e extraia à pasta: wordpress.

Construir um site, passo 2
Passo 2: clique para dar zoom.

Passo 3 Abra à pasta extraída com Visual Studio Code.

Construir um site, passo 3
Passo 3: clique para dar zoom.

Passo 4 Abra o arquivo: wp-config-sample.php e copie todo o código.

Construir um site, passo 4
Passo 4: clique para dar zoom.

Passo 5 Abra um novo arquivo no Visual Studio Code.

Construir um site, passo 5
Passo 5: clique para dar zoom.

Passo 6 Cole todo o código neste novo arquivo e insira à linha das credenciais, conforme foi ensinado na parte 2: define(‘FS_METHOD’, ‘direct’);

Construir um site, passo 6
Passo 6: clique para dar zoom.

Passo 7 Na linha 24, informe o nome do banco de dados.

Criar site web, passo 7
Passo 7: clique para dar zoom.

Passo 8 Na linha 27, informe o nome de usuário do banco de dados MySQL que é: root

Criar site web, passo 8
Passo 8: clique para dar zoom.

Passo 9 Deixe sem nenhuma senha na linha 30.

Criar site web, passo 9
Passo 9: clique para dar zoom.

Passo 10 Na linha 36, informe a codificação de caracteres que você escolheu na hora da criação do banco de dados.

Criar site web, passo 10
Passo 10: clique para dar zoom.

Passo 11 Entre as linhas 40 e 53 deve ter algum link para gerar chaves únicas de autenticação, copie este link.

Criar site web, passo 11
Passo 11: clique para dar zoom.

Passo 12 Cole o link no navegador e aperte Enter. Agora copie os códigos ou chaves únicas geradas automaticamente.

Criar site web, passo 12
Passo 12: clique para dar zoom.

Passo 13 Cole todas as chaves únicas de autenticação entre as linhas 54 a 61, logo abaixo do comentário.

Criar site internet, passo 13
Passo 13: clique para dar zoom.

Passo 14 Dê um nome para o prefixo de tabela. No nosso exemplo deixei como: ‘wpsitewordpress_’

Criar site internet, passo 14
Passo 14: clique para dar zoom.

Passo 15 Agora clique em: Salvar como… O nome do arquivo deve ser: wp-login.php

Criar site internet, passo 15
Passo 15: clique para dar zoom.

Passo 16 Salve o arquivo: wp-login.php na pasta que você extraiu. Lembrando que poderá excluir o arquivo wp-config-sample.php pois ele é apenas um arquivo de exemplo.

Criar site internet, passo 16
Passo 16: clique para dar zoom.

Passo 17 Ter o arquivo: wp-login.php configurado corretamente é importantíssimo para que o novo site WordPress localhost seja instalado.

Criar site internet, passo 17
Passo 17: clique para dar zoom.

Passo 18 Agora sim poderá colar à pasta do novo site neste caminho: /opt/lampp/htdocs. Renomeie à pasta com o nome que desejar. Para o nosso exemplo, coloquei o nome: serietutorial.

Criar site internet, passo 18
Passo 18: clique para dar zoom.

Passo 19 Após digitar: localhost/nome-do-seu-site/ no navegador e apertar Enter, poderá iniciar a instalação do novo site.

Montar site, passo 19
Passo 19: clique para dar zoom.

Passo 20 Vale lembrar que pode aparecer algum erro nesta tela da imagem de exemplo se a versão do WordPress que você está instalando já é um pouco antiga. Se isso acontecer, aperte F5 para recarregar à página e tente fazer o login ou escolha uma versão mais nova do WordPress.

Montar site, passo 20
Passo 20: clique para dar zoom.

cursos de ingles online


Versões WordPress — Antigas

Em algum momento, talvez precise de uma versão do WordPress mais nova ou mais antiga. Na parte 1, você instalou a versão 7.3.8-2 do Servidor Local. No futuro, este servidor pode ser antigo para às novas versões do WordPress ou muito novo para as versões antigas do WordPress. Aqui estão alguns erros que podem ocorrer:

Erro 1 Fui tentar instalar a versão 4.5 do WordPress e durante a instalação recebi este erro. Provavelmente é a incompatibilidade com a versão do PHP, vou falar mais sobre isso na parte 6.

Montar site, passo 1
Erro 1: clique para dar zoom.

Erro 2 Sou persistente, mesmo com uma versão antiga do WordPress consegui logar. Note que é a versão 4.5.23. Na parte 6, vamos saber identificar qual é a melhor versão do WordPress para cada Servidor Local.

Montar site, passo 2
Erro 2: clique para dar zoom.

Erro 3 Na versão 4.5.23 também tive um erro na página de comentários do WordPress. Isso é um aviso de que alguma incompatibilidade está ocorrendo.

Montar site, passo 3
Erro 3: clique para dar zoom.

Erro 4 Na área dos plugins, me deparei com um outro erro. Estes exemplos de erros é para que você possa ver que não é um problema do PHP ou MySQL e sim da versão do WordPress que é antiga e incompatível.

Montar site, passo 4
Erro 4: clique para dar zoom.

host para wordpress


Plugins do WordPress — Incompatíveis

Se o seu WordPress não for o mais atualizado, é bem provável que muitos plugins sejam incompatíveis. Fique atento(a) à esta dica para evitar erros e transtornos:

Todo os plugins do WordPress possuem uma mensagem de compatibilidade. Sempre antes de instalar um plugin, confira se ele é compatível.

Criar site para minha empresa
Clique para dar zoom.

MySQL Performance — Erros ou Bugs?

Durante esta série de tutoriais, eu já mostrei um método simples para alterar permissões de arquivos importantes. Porém, é necessário ficar atento(a) pois dependendo dos arquivos que der permissões podem ocorrer erros:

Exemplo 1 Se você deu permissões demais em algum arquivo da pasta: phpmyadmin ou outra pasta importante, pode ser que erros apareçam. Para que estes erros sejam resolvidos, volte as permissões padrão (root ou daemon) no arquivo ou pasta.

Criar site para minha empresa, passo 1
Exemplo 1: clique para dar zoom.

Exemplo 2 As vezes por algum motivo, você faz a instalação do WordPress versão 5.1 e ele simplesmente não atualiza automaticamente para a versão 5.1.8. Neste caso, terá que baixar a versão específica, fazer a extração e atualizar manualmente.

Criar site para minha empresa, passo 2
Exemplo 2: clique para dar zoom.

Exemplo 2.1 Copie e recorte todos os arquivos (menos o arquivo de exemplo wp-config-sample.php) da versão específica.

Criar site para minha empresa, passo 3
Exemplo 2.1: clique para dar zoom.

Exemplo 2.2 Cole os arquivos no site que não está atualizando automaticamente.

Criar site para minha empresa, passo 4
Exemplo 2.2: clique para dar zoom.

Exemplo 2.3 Pronto, você fez a atualização manualmente e poderá conferir se deu tudo certo, conforme ensinei na parte 4.

Criar site para minha empresa, passo 5
Exemplo 2.3: clique para dar zoom.

Chegamos ao fim da Parte 5. Na parte 6, vamos ver mais detalhes sobre: compatibilidade PHP back-end, MySQL (banco de dados) e WordPress para tentar evitar problemas, erros e bugs caso precise de uma versão mais nova ou antiga do WordPress. Se a Parte 6 ainda não foi publicada, aproveite para aprender mais:

Se chegou até aqui, você é determinado(a)! Espero que tenha gostado deste guia. Aqui no blog MixTutoriais eu dou várias dicas sobre: Windows, Linux e WordPress. Até o próximo tutorial!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *